Notícias

VOLTA ÀS AULAS

17/01/2018
Sem categoria

As férias estão chegando ao fim, é hora de voltar à rotina. Mas o que isso significa realmente?

Muitas vezes é possível no máximo uma semana para a família estar junta relaxando, aproveitando e porque não dizer se aproximando para se conhecer melhor, o restante do tempo filhos precisam se adaptar a rotina de trabalho dos pais ou ficam na companhia de parentes e amigos (o que pode ser divertido, mas não é o mesmo que estar com os pais em um momento de troca e proximidade).

Enfim, muitas vezes esta mudança de rotina mesmo prazerosa pode se tornar cansativa, por isso é importante que as crianças retornem a suas casas com alguma antecedência, para que possam se reorganizar calmamente antes de voltar às aulas.

O ideal é que pelo menos uma semana antes do início das aulas elas possam começar a organizar seu sono, tanto com relação à hora de deitar como com a hora de levantar, antecipando gradativamente ambos os horários.

Outra dica é com relação ao material escolar e uniforme. Se a família for viajar, procure deixar tudo organizado antes de ir, confira a lista de materiais, tenha certeza que tudo foi adquirido e devidamente identificado, esses cuidados com certeza deixarão seu filho mais tranquilo e evitará que ele se sinta constrangido se algo for solicitado e por algum motivo não estiver com ele.

Se por acaso não for possível disponibilizar todo o material solicitado no prazo que a escola pedir, comunique a professora já no primeiro dia de aula e principalmente converse com seu filho a respeito, para que ele não seja pego de surpresa se a professora questioná-lo.

Ao combinar um prazo para entregar o que estiver faltando, procure cumpri-lo ou vá avisando a professora se está sendo possível ou não.

O que é importante saber é que não ter o material necessário sem que a criança conheça o motivo, no momento em que a professora pede gera stress e ansiedade.

Por essa razão, também é fundamental que a professora saiba lidar com essas situações em sala de aula, tendo o cuidado de não expor seu aluno no grupo, pois não ter o material solicitado pode ser desde um simples esquecimento como dificuldade da família para adquiri-lo.

As crianças devem participar ativamente da organização tanto material que vai para escola quanto do que ela deve colocar na mochila, os pais devem estar por perto e observar com a criança o que deve ser levado a cada dia, mas quem organiza a mochila é a criança.

No caso de escola nova, leve seu filho antes do início das aulas para uma visita, e no primeiro dia de aula pergunte se ele quer que você entre junto ou se prefere entrar sozinho. Faça-o sentir-se confiante, pois é um momento de enfrentar o novo, o desconhecido, com certeza essa situação gera ansiedade que pode ser bem ou mal administrada, dependendo de como foi conduzida a troca e a chegada ao novo ambiente.

Enfim voltar às aulas geralmente é motivo para excitação e ansiedade, normalmente positivas. Se por alguma razão seu filho estiver desconfortável com este retorno, converse com ele, pois é importante que se sinta confortável e acolhido no lugar onde passará metadede seu dia por um longo tempo de sua vida.

Por essa razão é fundamental a participação da família, não só neste período inicial, mas durante toda a fase escolar, pois se os pais demonstram confiança e tranquilidade com relação à escolha da escola e mostram interesse em participar quando são chamados, quando convidados por seus filhos e na realização das tarefas de casa, estarão contribuindo para estabilidade emocional (habilidade social, comportamento) e segurança para aprender.

Bom retorno a todos!

 

Pp. Anelise Delpino-RMEC7187/90

Psicopedagoga Clínica e Institucional

Terapeuta Familiar Sistêmica

Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental da Infância e Adolescência